17.4 C
Conselheiro Lafaiete
terça-feira, 19 outubro 2021

Clima quente na reunião da Câmara de Congonhas acaba em graves acusações e lavagem de roupa suja

A previsão de clima quente na reunião da Câmara de Congonhas dessa terça-feira, 18 de Agosto, se confirmou. Durante as discussões sobre o adiamento da votação por falta de número mínimo de vereador no plenário para votar o projeto do aplicativo, os ânimos estiveram acirrados, principalmente depois da fala do vereador Koelhinho acusando o vereador Adivar, bem como o vereador Galileu , Niltinho, Patrícia que se manifestaram contrário e repudiando a fala de Adivar na reunião anterior, que chamou os faltosos na reunião de covardes.

O vereador Feliciano usou duras palavras contra o ex prefeito Anderson Cabido, chamando de ladrão ,vagabundo e outros adjetivos e falou mais que Anderson responde a mais de 40 processos por improbidade Administrativo, e que seu pai que foi comerciante na cidade e deixou de pagar funcionários e fornecedores. Feliciano ainda falou mais , que o pai do ex prefeito Sr. Ildeu Cabido, confirmou numa CPI que comprou um terreno no Alvorada e depois vendeu ao Município, ainda falou que o pai do Anderson quebrado saiu da cidade como um dos mais ricos.

Feliciano ainda falou sobre o Matadouro, dinheiro jogado fora. Fizeram curral, que não da pra prender nem cabrito, como é que vai matar boi. É vergonhosa esta questão. O prefeito ( na época – Anderson Cabido) brincou com o povo de Congonhas. Que o ex prefeito Anderson falou numa entrevista na rádio que deixou matadouro funcionando disse mais Feliciano, chamou de cara de pau o ex prefeito que gastou mais de 30 milhões na obra da Praça JK, sendo que a praça da Savassi em BH ficou em 14 milhões. Ainda falou que, Cabido teve a coragem de falar na rádio que não assinou nenhum documento autorizando o altiamento da barragem da CSN, chamou de mentiroso e falou que na rede social que corre na cidade um documento que comprova que em 2011 ele assinou o documento autorizando.

O clima quente entre vereadores já não é mais novidade na Câmara de Congonhas. Entretanto, a cada encontro, as acusações têm ficado mais duras, como a ocorrida nessa terça-feira, envolvendo Vereador Adivar que no grande expediente, pediu desculpas pela fala de covardes e disse ainda que os edis amarelaram isso amarelaram assim falou Adivar.

Adivar ,chamou atenção do vereador Koelhinho para não mexer no passado que seria ruim, pois somos pais de família.Ai ficou no ar essa fala do vereador Adivar, o que ele quis dizer com essa ameaça?

Ultimas Noticias