17 C
Conselheiro Lafaiete
domingo, 14 agosto 2022

Em Brasília, Aloísio Rezende defende que nova concessionária da BR-040 priorize trecho entre BH e Lafaiete


A concessão da BR-040 no trecho Rio de Janeiro/Belo Horizonte foi tema de uma audiência pública realizada pela Comissão de Viação e Transportes nesta quarta-feira, 13/07, em Brasília. O encontro foi presidido pelo deputado federal, Charlles Evangelista (Progressistas) e contou com a participação do Ministério de Infraestrutura, da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e representantes de vários municípios.

Durante o encontro, os representantes dos municípios apresentaram várias reivindicações para que sejam contempladas na relicitação da BR-040 no trecho Belo Horizonte/Rio de Janeiro que tem o edital previsto para ser publicado em fevereiro de 2023.

De Conselheiro Lafaiete, estiveram presentes ao encontro, o pré-candidato a deputado estadual, Aloísio Rezende e o engenheiro Crispin Ribeiro que é presidente da Sorear (Sociedade Regional de Engenheiros e Arquitetos de Conselheiro Lafaiete).

Na sua participação, Aloísio Rezende defendeu a duplicação do trecho da BR-040 entre Belo Horizonte e Conselheiro Lafaiete que segundo ele, é comprovadamente o mais perigoso. “São inúmeras vidas perdidas e famílias destruídas pela falta de uma rodovia segura. Talvez esse seja o trecho mais impactado na rodovia pelo elevado fluxo de caminhões que transportam minério na região. Vale destacar que são vários os acidentes envolvendo caminhões e carretas neste trecho”, afirmou .

Aloísio lembrou ainda que quando a Via 040 assumiu a concessão da rodovia em 2013, a promessa para os motoristas é que a cobrança de pedágio permitiria investimentos na duplicação e na segurança da rodovia. “Infelizmente a promessa não foi cumprida no trecho que corta a nossa região. Agora precisamos que a nova concessionária indique se vai tratar o trecho entre Belo Horizonte e Conselheiro Lafaiete como prioridade”, cobrou.
A variante da BR-040 em Conselheiro Lafaiete que reduziria o transito de carretas dentro da área urbana da cidade foi também citada por Aloísio para que seja tratada como prioridade na nova concessão da rodovia. “Até hoje não houve avanço na realização da obra de extrema importância não só para Lafaiete, mas também para os municípios do Vale do Piranga que teriam um acesso à BR-040 mais fácil e seguro”, afirmou Aloísio.
Ao terminar sua participação na audiência pública, Aloísio também cobrou as obras nas pontes da BR-040 em Congonhas que estreitam a pista principalmente no horário de pico, além da construção de trincheira em Conselheiro Lafaiete e de uma passarela no km 742 que é uma reivindicação da Associação da Pessoa com Deficiência da cidade de Santos Dumont.

O presidente do Codap (Consórcio Público para o Desenvolvimento do Alto Paraopeba) e prefeito de Entre Rios de Minas, José Walter, apresentou que a entidade vai acompanhar para que a nova concessão cumpra a demanda de 140 obras de infraestrutura no trecho entre Nova Lima e Juiz de Fora em uma extensão de aproximadamente 250 km. José Walter também defendeu a duplicação da rodovia iniciando por Belo Horizonte.

O engenheiro Crispin Ribeiro destacou a importância da audiência pública para discutir a situação do trecho entre Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Crispin afirmou que vê com grande expectativa a publicação do edital de relicitação para que com a definição da nova concessionária, a BR-040 possa de fato ser contemplada com as obras de infraestrutura.

Ultimas Noticias