15.3 C
Conselheiro Lafaiete
segunda-feira, 27 setembro 2021

Glaycon, como deputado que defendeu Hospital Regional de Lafaiete, comemora vitória

Deputado garante inclusão de verba para conclusão do Hospital Regional de Lafaiete no orçamento do estado, com recursos de indenização da Vale

Foi aprovada, definitivamente, em reunião da Assembleia de Minas, a inclusão do Hospital Regional de Conselheiro Lafaiete no orçamento do estado, entre os 6 hospitais que serão concluídos com os recursos de indenização da Vale. A aprovação ocorreu na última quarta-feira (14/07).

A proposição de lei, de natureza orçamentária, confirma acordo judicial realizado entre o Ministério Público Federal, o Ministério Público Estadual, a Defensoria Pública de Minas e o Poder Executivo Estadual, além da Vale, e com a chancela do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. O acordo, em princípio, não estabelecia quais os hospitais seriam beneficiados. Dos 13 Hospitais Regionais previstos, 11 estavam paralisados. A disputa política foi significativa, mas Glaycon, comprovando sua defesa do hospital de Lafaiete, há vários anos, conseguiu incluir a obra entre as escolhidas. 

O deputado, em significativa manifestação, no encaminhamento da proposição de lei, em Plenário, evidenciou a necessidade real da macrorregião de saúde Centro-Sul, especificamente a microrregião de Conselheiro Lafaiete, de receber o investimento. Na condição de médico, com atuação significativa em PSF´s de vários municípios da região, conhecedor da saúde pública, demonstrou a necessidade efetiva da conclusão do Hospital Regional de Lafaiete. 

O art. 7º da Proposião de Lei garante a Conselheiro Lafaiete, por meio de mecanismos orçamentários do estado, receber os recursos suficientes para a conclusão do Hospital Regional. 

O ajuste legislativo, com participação do executivo e chancela do judiciário, aponta a garantia real de conclusão da obra. 

Com um cenário econômico pouco encorajador esta é, concretamente, uma vitória verdadeira. 

Glaycon, após o término da reunião, se manifestou: “Não consigo dizer quantas vezes me reuni com secretários de estado, com técnicos, com líderes de governo, com líderes de bloco e de bancadas, com prefeitos, vereadores, lideranças políticas, para defender nosso hospital regional. Mas nunca abandonei essa bandeira. Nem nos momentos mais difíceis. Agora, comemoro essa decisão concreta. Teremos nosso Hospital Regional. Me incomoda que tenha que ter sido com recurso originado na morte de muitos mineiros, mas acredito que, homem de fé que sempre fui, as vidas que serão salvas por esse hospital regional, por mão da providência Divina, se tornarão uma homenagem eterna às vítimas de Brumadinho. Mas estou atento. Estejam certos. Trabalharei até a inauguração. Por fim, agradeço a todos que, direta ou indiretamente, cerraram fileiras comigo nessa busca incansável para essa grande conquista de nossa região.”

Ultimas Noticias