17.1 C
Conselheiro Lafaiete
segunda-feira, 24 janeiro 2022

Glaycon Franco cobra dos órgãos competentes esclarecimentos e ações durante fortes chuvas em Minas Gerais

Parlamentar enviou ofícios para o Ministério Público e Defesa Civil pedindo mais clareza para o povo mineiro

O grande volume de água que tomou conta do céu e caiu sob Minas Gerais nos últimos dias deixou um rastro de tragédias em dezenas de municípios. O deputado Glaycon Franco cobrou do Estado, oficialmente, posições e esclarecimentos mais ágeis aos órgãos competentes para trazer luz às incertezas que pairavam sobre o caos instalado no cotidiano da população – que já vem sofrendo nos últimos dois anos pela pandemia do novo coronavírus e, agora, da variação do vírus influenza.

Até a última terça-feira, 11, a Defesa Civil havia confirmado mais de 10 mortes em decorrência das chuvas e 145 cidades declararam situação de emergência. O parlamentar, por meio de ofícios encaminhados na última sexta-feira (07), questionou ao Ministério Público de Minas Gerais e à Defesa Civil quais ações o Estado tomaria em relação à atribuição, pela Agência Nacional de Mineração, do nível de emergência 3 (o mais alto) no local da Mina de Pau Branco.

O transbordamento de um dique na barragem, sob responsabilidade da empresa Vallourec, acarretou no fechamento da rodovia BR-040, causando aflição naqueles que trafegavam pelo local e foram pegos de surpresa com o acontecimento. Em virtude do problema, Glaycon Franco solicitou também os respectivos desdobramentos legais e as providências a serem tomadas. Uma delas, que já é de conhecimento público, foi a multa no valor de R$ 288 milhões formalizada pelo Governo de Minas à empresa responsável pelo trabalho na área, a Vallourec. Nas mídias sociais, contudo, muitos internautas questionam o ato, uma vez que não foi esclarecido se o valor chegará de fato aos cofres públicos do poder Executivo.

“Estarei atento ao que virá pela frente. A Assembleia Legislativa de Minas Gerais, com seus representantes do povo e na pessoa do presidente Agostinho Patrus (PV), está vigilante e saiu na frente com campanha de arrecadação em solidariedade aos municípios e às vítimas dessa tragédia. Temos não só de acompanhar esses desdobramentos, como também legislar cada vez mais para que nosso Estado não sofra com essas situações”, afirmou.

Olhar cuidadoso

Ao longo de sua trajetória parlamentar, o médico e deputado estadual Glaycon Franco tem destinado recursos para atender às constantes demandas dos municípios mineiros, não só na área da Saúde, como também para a melhoria da infraestrutura, bem como aquisição de equipamentos como tratores e caminhão – muito utilizados neste período chuvoso para auxiliar as populações atingidas.

Cidades como Conselheiro Lafaiete, Moeda, Casa Grande, Caranaíba, Catas Altas da Noruega, Raul Soares, Senhora dos Remédios, Brás Pires e o Consórcio Público para Desenvolvimento do Alto Paraopeba já receberam recursos e equipamentos que foram utilizados em prol do povo.

“Foram demandas que se mostraram necessárias em seus respectivos contextos, mas que fazem diferença em momentos de crise. Obras de urbanização, drenagem pluvial, calçamento, melhorias em pontes, mata-burros e bueiros, equipamentos como tratores e caminhões foram alguns exemplos. A gente não deixa de olhar pelas necessidades do nosso povo”, pontuou o deputado.

De 2019 para cá, cerca de R$ 1,5 milhão de reais foram destinados para ações como essas, além de conquistas de equipamentos por meio da articulação política de Glaycon Franco.

Vítimas de Capitólio

Além de todo o trabalho nos bastidores para que as informações fossem dadas aos mineiros, bem como atitudes fossem tomadas, Glaycon Franco se solidarizou com a tragédia ocorrida no município de Capitólio, em que 10 pessoas foram a óbito após o desabamento do paredão de pedra. “Me solidarizo com todas as famílias que estão em luto pela ocorrência, fato que comoveu não só o país, mas também o mundo.

Uma triste e lamentável ocorrência que será sempre lembrada pelos mineiros e que nos fará tomar mais cautela com a exploração do turismo em nosso Estado”, concluiu.

Ultimas Noticias