17.8 C
Conselheiro Lafaiete
quinta-feira, 28 outubro 2021

Militares de Capela Nova lamentam morte de Jovem

Na data de ontem,(20/1),por volta das 10h50min, policiais militares da cidade de Capela Nova receberam ligação telefônica noticiando que havia uma mulher caída ao solo, na estrada do Melo, Zona Rural de Capela Nova, aparentemente sem vida e que parecia ter sido morta a pauladas.

Os militares deslocaram ao local informado, sendo constatado que havia o corpo de uma jovem caído ao solo, com sinais aparentes de violência física, estando ao lado de seu corpo uma motocicleta estacionada.

Imediatamente o local foi isolado e a perícia técnica acionada. Na sequência os militares começaram a entrevistar as pessoas que começaram a chegar ao local do crime, inclusive o pai da vítima, chegando a um provável suspeito, identificado como ex-namorado da jovem.

O genitor da vítima encontrada morta afirmou aos militares que há aproximadamente quinze dias o casal não estava bem, e que um dia antes do crime sua filha teria terminado o relacionamento de aproximadamente um ano com o suspeito.

Na manhã do crime a jovem saiu de casa sem dizer a seu pai onde estava indo, porém, instantes após ter saído de casa enviou ao seu pai mensagens através do aplicativo WhatsApp em que dizia estar indo encontrar com o ex-namorado para uma conversa.

Todas as informações levantadas no local dos fatos foram repassadas aos militares de serviço do 31º BPM e a partir dessas informações todos os policiais de serviço envidaram esforços para lograr êxito na captura do provável autor do homicídio, passando a fazer diligências nos locais onde ele poderia ser encontrado.

Os militares se desdobraram fazendo buscas nas cidades de Rio Espera, Conselheiro Lafaiete e Congonhas.

Por volta das 00h40min da data de hoje, a equipe do Tático Móvel do 31º BPM durante patrulhamento deparou com o suspeito e o abordou, tendo ele confessado ter praticado o crime, momento em que foi preso e encaminhado a delegacia de polícia de Conselheiro Lafaiete.i

Nota do Dst PM de Capela Nova:

“Infelizmente ontem sofremos com a perda de uma jovem que tinha toda uma vida pela frente. A vida dela foi embora, isso não podemos mudar. O autor foi preso, porém a família sentirá a dor da perda para sempre. Todos os militares ficaram consternados com esse crime brutal.

Vitima: Tháis Cristina, Jovem assassinada

Nesse momento, gostaríamos de chamar a atenção de todas as mulheres para que não se calem perante sinais de violência doméstica, que peçam a ajuda de seus familiares, dos orgãos públicos, da Polícia Militar. Pedimos que não se submetam a sofrer com essa prática, quer seja por medo, insegurança ou dependência financeira. Sua vida é muito importante.

Cabe ressaltar que a violência doméstica é um ciclo que passa pelas seguintes fases: aumento da tensão, ato de violência e lua de mel. Esse ciclo precisa ser quebrado, pois com o tempo os intervalos entre uma fase e outra ficam menores e as agressões passam a acontecer sem obedecer à ordem das fases.

Em alguns casos o ciclo da violência termina com o feminicídio, que é o assassinato da vítima.

Por isso, não se cale. Fique atenta a qualquer sinal de violência doméstica.

  • O Dst PM de Capela Nova conta com a presença de uma Policial Militar Feminina.

Responsável pelo Release: 3 Sgt PM Danielle de Assis Vilanova Fortes, militar lotada no Dst PM de Capela Nova

Ultimas Noticias