9.3 C
Conselheiro Lafaiete
quinta-feira, 23 setembro 2021

Secretaria de Saúde de Barbacena investiga profissional de saúde suspeita tomar 3° dose da vacina contra Covid-19

Barbacena investiga casos de pessoas que tomaram 3 doses de vacina contra a Covid. Uma delas é profissional da saúde

Barbacena investiga casos de pessoas que tomaram 3 doses de vacina contra a Covid. Uma delas é profissional da saúde

As autoridades de saúde estão investigando casos de pessoas que tomaram a 3ª dose da vacina contra a covid-19. Um dos casos aconteceu em Barbacena, onde uma profissional da saúde, depois de tomar as duas doses da Coronavac, buscou um imunizante de outro laboratório.

De acordo com a Superintendência Regional de Saúde, a profissional foi imunizada no início do ano. Na época, ela estava grávida. Cinco meses após já estar imunizada, a mesma foi até uma sala de imunização, apresentando um laudo médico de puérpera, onde conseguiu receber mais uma dose da vacina, dessa vez, a do laboratório Pfizer.

O Secretário Municipal de Saúde, Arinos Brasil Duarte Filho, afirmou que o caso foi encaminhado para o Ministério Público e que a mulher vai responder pela atitude de tomar a dose de uma pessoa que tinha o direito. Além desses casos, Arinos também falou sobre outros identificados, que são de pessoas que são registradas em dois endereços diferentes: um em Barbacena e outro em cidades próximas ou até mesmo em outro estado. “Então, eles tomam uma (dose) lá e outras doses aqui em Barbacena. Essas pessoas têm que ficar atentas porque serão detectadas pelo sistema e serão encaminhadas para o MP para serem penalizadas”, afirmou.

A Prefeitura Municipal informou que essas pessoas foram detectadas com aplicação de um imunizante de uma marca e, na repescagem, retornaram para tomar vacina de outra marca/laboratório conforme preferência e afirmaram em nota sobre o caso. “Cumpre informar que além da preocupação sanitária, pois são desconhecidos os efeitos para a saúde com este ‘cruzamento/sobreposição’ de vacinas diferentes, há ainda a preocupação de que essa prática comprometa o Plano Municipal de Vacinação, com pessoas já vacinadas desviando doses que deveriam ser direcionadas ao restante da população. Assim, a Secretaria de Saúde de Barbacena adverte a população que na hipótese de comprovação de caso de revacinação, o fato será notificado como evento adverso por erro de imunização e encaminhado o devido relatório para a Promotoria da Saúde da Comarca de Barbacena para as devidas providências legais com responsabilização criminal e cível do infrator”, afirmou a Prefeitura.

Fonte: Barbacena On LINE

Ultimas Noticias