17 C
Conselheiro Lafaiete
quinta-feira, 28 outubro 2021

Acordo bilionário entre Governo de Minas e Vale pode trazer benefícios para a região

Valor será pago como medida compensatória por desastre em Brumadinho 

Desde o desastre de Brumadinho, no dia 25 de janeiro de 2019, o Governo do Estado e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) trabalharam em conjunto para conciliar os interesses em prol da população mineira. Parte dessas ações chegaram ao fim, já que o estado de Minas Gerais assinou, nesta quinta-feira (04/02), o valor a ser pago como medida compensatória com a VALE, empresa responsável pelo desastre ambiental. 

As tratativas compensatórias objetivam reparar, em alguma medida, os danos causados pelo rompimento da barragem e variam entre ações de reparo ambiental, social e econômico. A tentativa de um acordo mais rápido facilita que o valor da indenização chegue aos cofres públicos de maneira ágil, evitando que a judicialização do processo se alongue por anos ou décadas.  

Em pronunciamento feito em 2020, o Governador de Minas, Romeu Zema, afirmou que parte do dinheiro pago pela mineradora será destinado à construção de hospitais regionais, dentre eles, o hospital regional de Conselheiro Lafaite. “Além do hospital de Governador Valadares, eu quero comunicar aqui que dentre as medidas compensatórias que nós teremos com a Vale do Rio Doce pela tragédia de Brumadinho, nós vamos concluir mais 04 Hospitais Regionais, o de Divinópolis, o de Conselheiro Lafaeite, o de Sete Lagoas e também o de Teófilo Otoni” afirmou o governador.  

O valor acordado entre a mineradora VALE e o Governo de Minas foi fechado em R$ 37,68 bilhões, sendo o maior acordo de medida de reparação já feito na América Latina. Segundo o Governo do Estado, esse valor será destinado para melhorias na área da saúde, com a construção dos hospitais regionais, para os municípios da Bacia do Paraopeba e também para os atingidos pelo desastre ambiental. Além disso, pretende-se também investir parte do dinheiro para a infraestrutura, construindo o rodoanel, que ligará por 100km as BR 381 e 040, desafogando o trânsito de grandes centros do Estado. 

A possibilidade de retomada das obras do Hospital Regional é grande. O DEER – Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais já licitou os serviços de uma empresa para fazer uma análise de diagnóstico das obras do Hospital Regional de Lafaiete, sendo que a licitação foi homologada no último 16 de janeiro. Esse é mais um passo para que o Hospital se torne uma realidade.  

Fep.Glaycon Franco com Secretario suúde de MG Carlos Eduardo, quando da visita em Lafaiete garantiu a retomada das obras do Hospital Regional, tão logo fosse liberado o acordo com a Vale.

Na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o deputado estadual Glaycon Franco, que foi membro efetivo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho, comemorou o acordo: “Como membro da CPI de Brumadinho acompanhei de perto os trâmites na ALMG. Passados mais de dois anos do acontecido, finalmente, alcançamos um acordo entre Estado e a VALE. 

Glaycon Franco (deputado estadual PV/MG)

Não poderia deixar de celebrar sabendo que parte do valor pago será destinado à nossa querida Lafaiete, beneficiando toda a região. A finalização do Hospital Regional é a concretização do sonho do nosso povo”, finalizou o deputado, que acompanha de perto todos os trâmites para a concretização do Hospital.   —

Ultimas Noticias