7.6 C
Conselheiro Lafaiete
quarta-feira, 18 maio 2022

Cruzeiro divulga orientações sobre a votação do Conselho Deliberativo na segunda, 04/04

Na próxima segunda-feira, 04/04, será realizada a Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo do Cruzeiro Esporte Clube, na qual os conselheiros, integrantes do quadro de Beneméritos, Natos e Efetivos, vão deliberar sobre a Sociedade Anônima do Futebol – SAF. Os portões serão abertos às 17h30 e fechados às 18h30, momento em que começa a reunião no Clube Cruzeiro Barro Preto.

A apreciação da pauta será realizada item a item pelos conselheiros, e será por votação aberta. De acordo com o Art.20, VI, do Estatuto, a autorização de alienação de bens imóveis exige o quórum de aprovação de 9/10, ou seja, 90% da totalidade dos Conselheiros, enquanto os outros temas requerem aprovação por maioria simples dos presentes.

Os conselheiros devem apresentar a carteira do Conselho Deliberativo para ter acesso ao clube. A entrada dos votantes será pela Rua Guajajaras, 1722, e a saída será pela Rua Ouro Preto.

PAUTA DA VOTAÇÃO:

A reunião tem as seguintes pautas:

(a) Informação, a todos os presentes, de todos os termos do investimento pretendido pela Tara Sports na SAF e das cláusulas dos contratos definitivos, com explanação dos detalhes pela XP Investimentos, assessora do Cruzeiro Esporte Clube (“Associação”);

(b) Apresentação, a todos os presentes, pela Tara Sports, do projeto que será implementado se aprovado o investimento pretendido;

(c) Autorização para a tomada de todas as medidas necessárias para pedido de recuperação judicial ou extrajudicial, pela Associação;

(d) Autorização para a realização de operação de crédito pela Cruzeiro Esporte Clube – Sociedade Anônima do Futebol (“SAF”) e/ou Associação dando imóveis da Associação em garantia, para fins de reestruturação da dívida da Associação;

(e) Autorização para a realização de operação imobiliária em favor da SAF visando a exploração das Tocas I e II, cuja renda será revertida para a amortização da totalidade da dívida tributária da Associação que, segundo a lei 14.193, é exclusivamente da Associação, sem solidariedade ou subsidiariedade da SAF, com: (e.i) transferência da propriedade das Tocas da Raposa I e II à SAF condicionada à amortização de toda a dívida tributária da Associação; e (e.ii) a obrigação de divisão igualitária entre a SAF e a Associação de lucro imobiliário que eventualmente vier a ser obtido na hipótese de venda das Tocas da Raposa I e II pela SAF;

(f) Autorização para a prática de todos os atos necessários para: (f.i) dotar a SAF com todos os direitos de exploração das atividades relacionadas ao futebol, incluindo patrocínios, direitos de transmissão, vendas de ingressos, e exploração de marcas e outras propriedades intelectuais sem a sua cessão definitiva; e (f.ii) aprovar o investimento pela Tara Sports na SAF, com a celebração dos contratos definitivos.

Obs: haverá transmissão pelo canal oficial do clube no YouTube, assim como a imprensa terá acesso parcial às dependências.

Ultimas Noticias