19.9 C
Conselheiro Lafaiete
domingo, 26 junho 2022

Diego Costa, do Galo, é apontado como financiador de esquema de apostas

Segundo a Polícia Federal, jogador faz parte de uma suposta prática de exploração de jogos de azar, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosa

Diego Costa

A Polícia Federal de Sergipe deflagrou a “Operação Distração”, que apura “suposta prática de exploração de jogos de azar, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosa envolvendo o site de apostas ESPORTENET, seus proprietários, operadores financeiros e financiador”. E o atacante Diego Costa, do Atlético, é um dos alvos da investigação.

O jogador é apontando como um suposto financiador do esquema, que também envolve doleiros e operações de busca e apreensão em outros Estados. A informação inicial foi divulgada pelo Ge.Globo.

De acordo com o comunicado à imprensa da Polícia Federal, na primeira fase da operação, deflagrada em 3/3/2021, foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos que permitiram o aprofundamento da investigação e a quantia de mais de R$ 13 milhões em espécie.

Com base nas provas coletadas, foi possível identificar outras plataformas de aposta utilizadas pelo grupo e empresas físicas e pessoas jurídicas utilizadas para lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

O trecho da nota que se refere ao atacante do Galo está como “foi constatada a participação de doleiros, que auxiliam a organização criminosa no processo de evasão de divisas, bem como a participação de um jogador de futebol que, supostamente, é o financiador do esquema criminoso.

Nesta fase, a investigação está concentrada no processo de evasão de divisas, com foco nos doleiros e no financiador do site de apostas”. Fonte:site Uai

Ultimas Noticias