18.5 C
Conselheiro Lafaiete
quinta-feira, 20 janeiro 2022

Glaycon Franco vota favorável pelo congelamento do preço do IPVA em 2022 

Fim de ano chegando e os mineiros, que buscam driblar como podem as consequências deixadas pela pandemia da Covid-19 – seja na saúde seja na economia ou na área social -, ainda têm, em tese, novas preocupações. Comida na mesa, material escolar para os filhos, uma oportunidade de trabalho, novos aumentos dos combustíveis são algumas das interrogações que rondam o imaginário da população.

Para aqueles que possuem veículos automotores, o começo de ano demandará mais recursos: o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Em março de 2021, segundo dados do Governo do Estado, a arrecadação com pagamento deste tributo aos cofres públicos alcançou a cifra de R$ 4,53 bilhões. Na Assembleia Legislativa de Minas foi votado na última quarta-feira, 15, com posição favorável do deputado Glaycon Franco, o projeto de lei 3278/2021 – que trata do congelamento do IPVA para o próximo ano.

O assunto foi pautado pelo presidente da Casa Legislativa, deputado Agostinho Patrus – também ciente da realidade dos cidadãos neste momento do ‘novo normal’.

De acordo com Glaycon Franco, uma vez que o preço dos carros aumentou, impactando no cálculo do IPVA, o modelo proposto pelo Governo geraria mais uma conta pesada para os mineiros e mineiras.

“Ainda estamos enfrentando a pandemia, com desemprego alto, inflação batendo no teto e jogar nas costas da população mais essa despesa não é o mais correto para o momento. O justo é manter o valor do IPVA para o ano seguinte, não impactando ainda mais o bolso do povo mineiro.

Os veículos, caminhões, ônibus não são ferramentas para só para o lazer, locomoção, mas também instrumentos de trabalho. Caso houvesse aumento, seria mais sofrimento para o povo.”, afirmou o deputado.

Atenciosamente,

Ultimas Noticias